FENICAFÉ: Quem faz o preço hoje é o mercado financeiro, afirma superintendente da Cooxupé

Araguari - O superintendente da Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé (Cooxupé), Lúcio Dias, falou durante a Fenicafé - Feira Nacional de Irrigação em Cafeicultura, que está sendo realizada em Araguari, cerrado de Minas Gerais, sobre a volatilidade nos preços  internacionais do café

"Hoje, quem faz o preço do café para nós é o mercado financeiro, não mais a oferta e a demanda. Temos que tomar cuidado em momento de alta dos juros nos Estados Unidos... Com isso, os fundos e especuladores poderão querer inverter a mão na Bolsa de Nova York. Então o momento não é muito positivo,  ao contrário dos últimos dois anos, apesar da safra pequena que colheremos no  Brasil", salientou.

 

Fenicafé - A feira é uma grande oportunidade para discussão de aspectos relevantes da cafeicultura irrigada e tem contribuído para o crescente cultivo dessa modalidade no Brasil. Este ano, a feira acontece de 21 a 23 de março de 2017, no Pica Pau Country Club, em Araguari, no Triângulo Mineiro.

Promovida pela Associação dos Cafeicultores de Araguari (ACA), a Fenicafé é dividida em três partes: o Encontro Nacional de Irrigação da Cafeicultura do Cerrado, a Feira Nacional de Irrigação em Cafeicultura e o Simpósio de Pesquisa em Cafeicultura Irrigada.

                Para conhecer mais sobre a feira, visite as páginas do evento na internet e nas redes sociais: www.fenicafe.com.br

 www.facebook.com/fenicafe

 www.youtube.com/fenicafeari

www.instagram.com/fenicafe

 

Fábio Rübenich/Agência SAFRAS